São Paulo, Brazil
(JORNALISMO INDEPENDENTE) Contato: diego_graciano@hotmail.com

16 de outubro de 2009

La Copa se "chupa" y no se toca

Final do clássico em Montevidéu. Após 33 anos, Argentina vence Uruguai no Centenário! É uma classificação milagrosa.
Assisto pela televisão imagens do festejo argentino, quer dizer, da visível impotência, de algo profundo não resolvido (são anos de fracassos nacionais).
Bilardo e Maradona se abraçam e choram. Xingam diante das câmeras. Diego desabafa autentico, passional. Do jeito dele. Quem poderia julga-lo?.
Os jogadores se somam ao festejo. Eles não cantam o que eu gostaria de ouvir: “Argentina, es um sentimiento, no puedo parar...”. Don Julio Grondona não aparece por lá. O veterano Verón, craque dentro e fora do campo, declara para um microfone o que todos nós estamos percebendo: “A seleçao não pode ocultar as coisas debaixo do tapete”.
Tomara que se construa uma seleção mais organizada e que os grandes nomes recuperem sua estrela. Os referentes apóiam Diego. Eu torço pelo sucesso de Maradona.
“A Argentina classificada para a Copa chegará à África do Sul moldada pelas tragédias que definem um campeão” opinou com clareza o jornalista Xico Sá, na sua coluna da Folha.
Iremos ao Mundial sem Oba-Oba nenhum. Jogaremos de visitantes, quem duvida? Mas será que Joseph Blatter gostaria de entregar a Copa nas mãos de Maradona? Vamos Argentina, carajo!.

5 comentários:

  1. que Blatter se deje de joder y le haga un guiño a grondona para que la selección salga campeona del mundial... total, sabemos lo que pasa en la fifa
    saludos

    ResponderExcluir
  2. Vamos lá, o mais interessante foi sentir um legítimo argentino que apóia Maradona incrédulo com relação a classificação de seu país.
    Assisti o jogo co alguns amigos e 90 % dos meus amigos estavam assistindo esse jogo e não o do Brasil. Todos inconformados de eu estar torcendo a favor da seleção Argentina. Enfim, coisas da vida!

    Sabe o saldo positivo de ter se classificado assim?
    Alguns outros torcedores,incrédulos e os jornalistas, os quais Maradona se vingou de certa forma, poderão ter que engolir uma possível vitoria e conquista da Copa. Impossivel? Não, difícil? Se não arrumar a "casa" certamente.
    Mas como eu já até havia dito aqui, e o Pelé(eu ue inclusive separo Pelé de Edson, assim como o próprio faz, e o Edson é insuportável, rs) também declarou após o jogo: Não teria graça uma Copa do Mundo sem a Argentina!


    Voltando ao jogo, um nome se destacou nesse jogo, seu querido Verón. indiscutivelmente.

    Vou parando por aqui, pois sou apenas uma menininha e meninninhas não entendem nada de futebol....


    Então nos "encontramos" em 2010....

    ResponderExcluir
  3. Olá Diego.
    Sou editor do site Futebol Portenho, www.futebolportenho.com.br , dê uma olhada.

    Saludos
    Wagner Bordin

    ResponderExcluir
  4. Lamentável a atitude de Diego após a partida desabafando contra jornalistas. Falta maturidade e postura de um comandante que tem claro que é através de resultados que "eventuais" respostas são dadas. E, sem dúvida, o resultado foi atingido - a classificação. Fico contente por ver a Argentina na Copa até porque na Copa os grandes não podem faltar, mas, ao mesmo tempo, lamento a postura desse descontrolado e passional torcedor que está trajado de técnico.

    Abraço,
    Edu Palestra

    ResponderExcluir
  5. um jornalista como o diego tem que ser respeitado sim senhor.não é prá qualquer um jornalista chegar á onde ele chegou.e tem máis entrevistamdo jogadores como.sócrates.rivellino.fred rincón.ademir.wladimir.e o careca.vc ainda tem duvida que esse jornalista não tem nem um conhecimento na aréa em que atua..ele tem que defender o pais dele e ao mesmo tempo tem que ser um bom profissional.isso ele vem mostrando que é....parabens diego póis quem n ão tem conhece como eu te conheço fala algo de ti..vc esta no caminho certo torço muiot pór vc

    ResponderExcluir