São Paulo, Brazil
(JORNALISMO INDEPENDENTE) Contato: diego_graciano@hotmail.com

17 de junho de 2010

Se chorei ou se sorri...

Na África do Sul, em apenas dois jogos (até hoje) a seleção foi a mais criativa em campo, mostrou ao maior craque, ao artilheiro da Copa e ao técnico mais motivador do Mundial. A um passo da classificação, Maradona transmite fortes emoções para os seus guerreiros. Orgulho no peito...

2 comentários:

  1. Olé, olé, olé, olé, Diego, Diego.

    Como canta no final da música "La mano de Dios"...

    Então, hoje incluive falei a um amigo: "ainda preciso explicar porquê torço para a Argentina, sendo brasileira????"

    Ok. Higuain fez os 3 gols mas as jogadas foram feitas pelo time, que está sim se entrosando.

    Sabe Diego, não vejo a hora do Messi explodir nessa Copa, aí meu caro, ninguém segura não!!!!!!

    Encontrei um video da seleção cantando isso:

    Te Sigo De Pendejo
    Siempre A Todos Lados
    Y Hoy Te Vengo A Ver
    Descontrolado

    Y Mas Te Aliento
    Si Vas Perdiendo
    es un Sentimiento
    No Traten De Entenderlo

    No Se Compara Con Otra hinchada
    soy argentino
    En Las Buenas Y En Las Mala


    Jogaço, queremos mais, sempre mais!!!

    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Gostei da Argentina mas ainda não jogou contra uma Alemanha, Inglaterra, Brasil. Alí a coisa vai pegar fogo. Tomara que os times africanos consigam chegar longe na Copa. As alfinetadas entre Maradona e Pelé causam vergonha. Será que algum dia eles irão se cumprimentar com respeito e admiração?. Abraço, Paulo César.

    ResponderExcluir