São Paulo, Brazil
(JORNALISMO INDEPENDENTE) Contato: diego_graciano@hotmail.com

4 de outubro de 2010

Passe e impasse

Marta em Dois Riachos (Natal de 2004) 
Em 26 de julho de 2007 no país exclusivo do futebol masculino, quase 70 mil famílias brasileiras lotaram espontaneamente o Maracanã para abraçar o futebol feminino e a medalha de ouro do Pan numa final sonhada contra os EUA.
A mídia toda noticiou o evento com manchetes de capa. Era um momento histórico e único para Marta e o futebol feminino.
Mas na hora H, o empresário Farah desautorizou a biografia da jogadora (primeiro livro sobre futebol feminino na América do Sul) que ia ser publicado no Brasil pela editora Casa da Palavra (fato omitido pela revista Poder –junho 2010- ao vender um perfil tendencioso do empresário)

Dois anos depois, com Marta no topo, alguém inventou uma Taça Libertadores feminina. A jogadora veio por três ou quatro meses ao Brasil para receber o que nenhuma colega sul-americana ganha em toda a sua carreira. Isso para participar de um torneio com competividade zero.

No dia 2 de outubro (em Barueri) começou uma segunda edição sem Marta. O diretor do Departamento de futebol feminino do Santos, Murilo Barletta, criticou ao empresário da atleta:
“Cristiane se sacrificou para jogar o segundo semestre aqui, sabendo que é um exemplo para as meninas que estão começando. Outras atletas falam que gostariam de voltar, ajudar, mas na hora de se sacrificar não têm a mesma vontade. Estamos tratando com o agente da Marta, tentando fazê-lo entender a força que o Santos esta fazendo. Mas ele é muito difícil, até intransigente, colocando valores muito acima do que o futebol feminino comporta” disse Murilo em uma matéria publicada pela Globo Esporte.

O futebol feminino no Brasil precisa de projetos com valor agregado e visibilidade. Infelizmente, com essas atitudes, não será possível consolidar uma imagem positiva da “melhor do mundo” no Brasil, muito menos sustentá-la.
 
Foto: Diego Graciano -Dois Riachos (AL)- ano 2004

Nenhum comentário:

Postar um comentário