São Paulo, Brazil
(JORNALISMO INDEPENDENTE) Contato: diego_graciano@hotmail.com

20 de julho de 2011

Na raça

Sawa foi o destaque do Mundial.
Após 25 jogos sem vitórias frente aos Estados Unidos, as desacreditadas japonesas deram o troco nas primeiras do ranking, justo na final do mundial feminino. Japão foi campeã pela primeira vez eliminando também outras duas potencias do futebol feminino: Suécia e Alemanha. A capitã Homare Sawa, aos 32 anos e na sua quinta Copa do Mundo, ganhou a Chuteira de Ouro Adidas (artilheira) e a Bola de Ouro como melhor jogadora da competição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário